sexta-feira, 30 de julho de 2010

Ana Carolina: Associação de Diabetes Juvenil realiza campanha e prevenção em diabetes nos shows de Ana Carolina em São Paulo

Ana Carolina faz no Citibank Hall, em SP, 3 shows do projeto inédito Ensaio de Cores aliado a uma exposição de seus quadros, que terão parte da receita de sua venda revertida à ADJ.

Com o objetivo de levar orientação e educação em diabetes para a sociedade, a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ) promoverá diversas ações junto ao público dos três shows de Ana Carolina que ocorrerão no Citibank Hall, entre os dias 30 de julho e 1° de agosto de 2010.

Antes do início dos shows, haverá no local uma exposição com as telas que a própria Ana Carolina vem pintando há cinco anos. O intuito é que parte da renda revertida com a venda dos quadros seja destinada à ADJ para manutenção das atividades gratuitas que lá são realizadas.

A parceria da cantora com a ADJ foi iniciada em 2007, para promover mais atenção sobre a causa do diabetes. Dessa forma, todos os shows do ano retrasado levaram voluntários da associação para realizarem os testes de glicemia e proporcionar orientação para os expectadores.



Sobre a ADJ



Fundada em 10 de março de 1980, a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ) é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, legalmente registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Seu objetivo é promover educação nesse campo para portadores de diabetes, familiares, profissionais de saúde e comunidade. A ADJ busca também favorecer a qualidade de vida.
Atende as pessoas portadoras de todos os tipos de diabetes, de qualquer faixa etária e classe sócio-econômica. Oferece um trabalho integrado realizado por uma equipe multidisciplinar formada por psicóloga, nutricionista, enfermeira e voluntários (portadores de diabetes ou familiares).

Fonte: Site Portal da Propaganda.com.br

Ana Carolina: Entrevista de Ana Carolina para a Revista Brazil com Z

Com quase onze anos de carreira, Ana Carolina se tornou referência da música brasileira, colecionadora de grandes parcerias e sinônimo de talento e profissionalismo. Essa mineira estourou em todo o Brasil com seu sucesso “Garganta” e, a partir daí, sua voz e suas composições passaram a ser indispensáveis aos ouvidos brasileiros mais variados.
Já são sete álbuns lançados, quatro DVDs, um especial CD e DVD em parceria com Seu Jorge e uma compliação de sucessos, chamada perfil, que foi a mais vendida da série em todos os tempos. Ana Carolina definitivamente colhe os frutos de tanto trabalho. Artista consagrada, ela garante que a vontade de agradecer e surpreender os seus fãs é o que lhe inspira a cada novo e diversificado trabalho.
Em sua primeira grande turnê europeia, Ana Carolina está passando por Itália, Portugal, França, Suíça e, para nossa felicidade, Espanha. Em uma entrevista exclusiva à brazilcomZ, essa diva da música brasileira falou sobre os shows na Europa, os onze anos de carreira, bissexualidade e os projetos mais recentes. Confira!

Por Maiby Gignon

BCZ: Há alguns anos você se apresentou na França. Já fez shows em outros países da Europa? Quais as cidades escolhidas dessa vez?
AC: Eu me apresentei na França e tenho vindo com frequência a Portugal, mas esta é minha primeira grande turnê europeia, que vai passar por Itália, Portugal, França, Espanha, Suíça e Inglaterra num total de onze shows.

BCZ: O show que você traz à Espanha é a turnê N9ve, ou um show diferenciado?
AC: É um show que traz basicamente os meus sucessos destes dez anos de carreira e também, as novidades do N9ve.

BCZ: O que é que os brasileiros que vivem aqui e sentem tanta saudade do Brasil, podem esperar da sua apresentação?
AC: Com certeza os sucessos que ouviram no Brasil, os ouviram nas trilhas de novelas – estarão todos no show.

BCZ: Você já tem sete álbuns gravados, em quase onze anos de carreira. É um número bastante grande se compararmos com muitos artistas. Como é o seu processo de criação para um novo disco?
AC: Muito intenso. Eu, na verdade, componho e toco o tempo todo e no momento que um grupo de canções começa a fazer sentido e se diferenciar das demais, é aí que começa um novo disco. E eu me dedico a cada produção “full time” de corpo e alma. Nestes quase onze anos, foram sete discos: Ana Carolina; Ana, Rita, Iracema e Carolina; Estampado; Dois Quartos (duplo); N9ve; Ana Car9lina+um. Quatro DVDs: Estampado; Um Instante que não pára; Dois Quartos; Ana Car9lina+um. Um projeto especial de CD e DVD: Ana&Jorge. E uma compilação, Perfil, que foi o disco mais vendido desta série, de todos os tempos.

BCZ: N9ve foi lançado no ano passado. Já tem o próximo CD planejado, para encaixar aquele blues que acabou ficando de fora?
AC: O Blues que ficou de fora entrou no Ana Car9lina+ um, lindamente cantado por mim e pela Maria Gadú. É a musica “Mais que a mim”, uma parceria minha com a cantora e compositora italiana Chiara Civello. Eu, no momento, estou buscando aquela conexão entre várias canções para pensar em um outro disco, para o ano que vem.
BCZ: Você é uma artista muito admirada no meio artístico nacional e constantemente realiza parcerias com outros artistas. Fale sobre algumas delas, inclusive as do seu último álbum.
AC: É uma grande sorte que eu tenho poder compor e cantar com as pessoas que eu admiro. Tem sido sempre assim, desde o meu primeiro encontro com meu parceiro de toda a vida, Antônio Villeroy, os encontros que tive com meus ídolos no DVD Estampado – Maria Bethânia, João Bosco e Chico Buarque, o projeto Ana&Jorge e, muito especialmente, este projeto N9ve, onde eu inaugurei uma parceria incrível e muito especial com a Chiara Civello, que é co-autora de quatro músicas do CD N9ve e cinco do CD/DVD Ana Car9lina+ um. Eu preciso destacar também deste projeto, minha primeira parceria com o Gilberto Gil. Mandei pra ele, num ato de ousadia, um samba feito com outro “parceiro de primeira viagem”, o Mombaça, e que estava sem letra há alguns meses. Em dois dias, ele me devolveu a letra do samba “Torpedo”, e eu quase explodi de tanta alegria. Minha vontade era sair na rua dizendo pra todo mundo: fiz um samba com o Gil! E ainda a parceria com o John Legend. Eu queria muito fazer alguma coisa com ele, e tive a sorte de não só ele aceitar meu convite para cantar comigo no N9ve, como também ter feito a letra em Inglês de uma música minha e do Antônio Villeroy. Além disto, tive o prazer de poder contar com a Esperanza Spalding cantando uma música minha e da Chiara Civello e ter conseguido reunir os amigos para gravar o Ana Car9lina+um: Gil, Bethania, Seu Jorge,Chiara,Luis Melodia, Ângela Roro, Roberta Sá, Zizi Possi, Maria Gadú e o meu parceiro Antônio Villeroy.
BCZ: Antes de consagrar sua carreira no Brasil, você já pensou em morar fora do país e se arriscar no cenário europeu, como muitos artistas fazem?
AC: Morar fora do Brasil, acho que não, mas estar sempre aqui na Europa trabalhando, com certeza.

BCZ: Você toca muitos instrumentos e gosta de inovar nos seus shows. Foi autodidata com todos eles?
AC: Eu sou autodidata em todos os instrumentos que toco. Com o piano, entretanto, que eu resolvi aprender apenas dois meses antes de estrear o show Dois Quartos, em que eu queria tocar uma canção no piano, eu pude contar com o auxílio luxuoso da pianista brasileira Délia Fischer.
BCZ: Você conhece e gosta da música espanhola?
AC: Conheço e gostaria de fazer uma parceria, especialmente, com Concha Buika.
BCZ: A cada disco lançado, seus fãs nunca têm certeza do que esperar. Qual o segredo de tanta criatividade e inovação em seus trabalhos? O que costuma te influenciar?
AC: A vontade de surpreender, de agradar aos meus fãs. Eu realmente procuro me desdobrar para buscar sempre maneiras de apresentar surpresas marcantes.

BCZ: A sua música “Eu comi a Madonna” foi alvo de grande polêmica. Você já esperava toda essa repercussão quando a gravou?
AC: Sim. É uma canção forte, corajosa.
BCZ: De acordo o que Jason Birchmeier escreveu para a revista Billboard, em seu CD Dois Quartos, “o assunto da bissexualidade, empresta um ar de curiosidade em algumas das canções”. Foi proposital abranger esse tema no álbum?
AC: A questão da bissexualidade para mim é muito natural, o que infelizmente, não é para outras pessoas. Eu procuro então falar, cantar, com naturalidade sobre estas questões pra ver se, dessa forma, eu consigo ajudar as pessoas que ainda têm que lidar com esta opção com reservas, com dificuldade. Eu quero ajudar a fazer as pessoas felizes.

BCZ: Em uma entrevista, você disse que não pretende ser militante pelos direitos homossexuais e nem levantar bandeiras para defender a homossexualidade. Você acredita que, ainda assim, como uma artista assumidamente bissexual, as pessoas te cobram esse papel?
AC: Como eu disse na pergunta anterior, esta questão para mim não é um tabu, é natural. Não sou exemplo de nada mais do que uma pessoa verdadeira que quer ser feliz e espera que os outros também sejam.

BCZ: Quais são as novidades e planos após o retorno ao Brasil?
AC: Faço agora no final de julho um show especial, com a Delia Fischer, sobre quem falei anteriormente, a Lanlan e um jovem talento da música erudita, Gretel Paganini. Serão três shows em São Paulo junto com uma exposição de minhas telas que tenho pintado nos últimos anos. Estas telas estarão à venda com parte da renda revertida em benefício de uma entidade paulista que faz um trabalho muito bacana de educação em diabetes.

Fonte: Revista Brazil com Z

Ana Carolina:Show Extra em São Paulo -Citibank Hall

Gostariamos de informar que no dia 2/8/2010 haverá show extra da Ana Carolina no Citibank Hall-SP.O Show faz parte do novo projeto da cantora, o Ensaio de Cores.

Fonte: Armazém

Ana Carolina: Entre sonoridade e quadros

Ana Carolina está de volta ao Rio depois de três semanas rodando a Europa com 11 shows. Em Portugal, ela cantou para 16 mil pessoas no Festival Delta Tejo e, no Porto, onde se apresentou pela primeira vez, cantou para um Coliseu lotado. Em Milão, recebeu no palco o autor de um de seus maiores sucessos, Quem de nós dois, Gianluca Grignani. Ele disse que adora Ana e quer fazer uma música com a cantora. Em tempo: o novo projeto da mineira foi batizado Ensaio de cores, no qual ela se apresenta com uma banda só de mulheres e integrada por Délia Fischer, Lanlan e Gretel Paganini e mostra ao público seus quadros pintados no ateliê de sua casa, no Jardim Botânico. São lindos e eu conferi.

Fonte: Heloisa Tolipan-JBlog

Ana Carolina: Veja a programação completa da 55ª Festa do Peão de Barretos

A Festa do Peão de Barretos chega a sua 55ª edição entre os dias 19 e 29 de agosto com atrações variadas, do pop rock ao axé e o destaque para a apresentação da cantora americana Mariah Carey.

Assinada pelo carnavalesco Paulo Barros, campeão no carnaval de 2010 pela Unidos da Tijuca, a solenidade de abertura com o ilusionismo das trocas de roupas realizadas em segundos que tanto sucesso fez na Sapucaí deste ano é a grande surpresa do evento. Feito sob medida para Festa de Barretos, o espetáculo terá músicas sertanejas entoadas na batida do samba e um show piro musical com 15 minutos de fogos de artifício.
Os organizadores revelam que o show de Mariah Carey “é a atração mais esperada de toda a história do rodeio de Barretos”. Além da cantora, as atrações sertanejas também marcam presença, como Victor & Leo, Luan Santana (embaixador da festa), Zé Henrique & Gabriel, Fernando & Sorocaba, Eduardo Costa, João Bosco & Vinícius, Hugo Pena & Gabriel, Marcos & Belutti, Gian & Giovani, Sérgio Reis, Jorge & Mateus, Caio César & Diego, João Carreiro & Capataz, Fred & Pedrito e Thales & Thiago.
Outros artistas que se apresentam na festa são Ana Carolina, Inimigos da HP, Exaltasamba, Dejavu do Brasil, Bonde do Forró, DJ Maluco e Aladin, Banda Restart.

“Mais uma vez, aceitamos o desafio de superação para realizar um mega espetáculo ainda melhor que os anteriores”, diz Marcos Murta, presidente de Os Independentes, entidade realizadora da Festa do Peão.
Os ingressos já estão à venda pelo site

Ana Carolina: Cantora italiana Chiara Civello lança o CD 7752

Álbum foi criado depois que ela se tomou de amores pelos brasileiros. Nomes de ponta da MPB contemporânea participaram do novo trabalho.

“Nem tão só e muito bem acompanhada.” Esse poderia ser o lema de Chiara Civello. Em 7752, seu novo CD, o terceiro da carreira, ela descobre o prazer de compor em parceria, reúne músicos brasileiros e americanos e se apresenta ao público do Brasil por intermédio da cantora Ana Carolina.
Italiana radicada nos Estados Unidos, Chiara começou a carreira cedo, aos 18 anos, ao conseguir bolsa de estudos na Berklee College of Music, em Boston, Estados Unidos. Começou bem, pois a Berklee é a maior faculdade de música do mundo e a mais prestigiada do jazz. Lá se formaram artistas respeitados como Quincy Jones, Steve Vai e Diana Krall.

Na universidade, ela aprofundou os estudos em MPB. “O primeiro grande mestre que tive da língua portuguesa foi Tom Jobim”, conta. A italiana decorou muitas letras de Tom para depois entender o significado das palavras. Foi assim, ouvindo Tom, Milton Nascimento, João Gilberto e Chico Buarque, que ela aprendeu português, idioma que domina.

Agenda de shows Ana Carolina

5 de Agosto de 2010-Praia da Vitória-Ilha Terceira-Açores-Portugal-Festa das Praias 2010
6 de Agosto de 2010-Zurich-Suiça-Volkshaus Pub
8 de Agosto de 2010- Londres -Inglaterra-02 Sphepherds Bush Empire
12 de Agosto de 2010-Rio de Janeiro -Citibank Hall
19 de Agosto de 2010-Barretos-SP- Festa do Peão de Barretos
22 de Agosto de 2010-Olimpo-RJ
25 de Setembro-Ribeirão Preto-Centro de Eventos Taiwan

domingo, 18 de julho de 2010

Ana Carolina: Leda Nagle lança livro sobre mineirices

ornalista reúne entrevistas de 80 personalidades nascidas em Minas Gerais

Rio - De volta às suas raízes, Leda Nagle, jornalista e apresentadora do ‘Sem Censura’, da TV Brasil, acaba de lançar ‘De Minas para oMundo — Levando Minas no Gesto e no Coração’ (Editora Autêntica), livro recheado com entrevistas de 80 personalidades nascidas no estado assim como ela, oriunda de Juiz de Fora.

Do poeta Carlos Drummond de Andrade à cantora Ana Carolina, passando por Frei Beto e Clara Nunes, a jornalista apresenta a mineirice que transcende os ‘uais’ e os ‘trens’ tão utilizados por esse povo.

“Mineiros são como os gaúchos ou os tijucanos. Têm suas peculiaridades, mas, por ser mineira, escolhi-os”, conta Leda, que não acredita em lanche grátis.

“Acho que a gente sempre paga”, brinca ela que, desde que saiu de Minas, aos 21 anos, nunca perdeu o lado desconfiado.

“E continuo falando sombrinha em vez de guarda-chuva. Saí de Minas, mas Minas não sai de mim”, diz.

Entre os exemplos mais clássicos, está o do ‘come quieto’. “É a característica da Ana Carolina”, entrega a autora, que também fala sobre o preconceito que o povo de lá sofre.

“Quase ninguém sabe que o Cláudio Botelho é de Minas. Ele fala sobre a discriminação. O povo que nasce nas montanhas é diferente do que nasce perto da praia”, justifica Leda Nagle.

Fonte: ODIA ONLINE/por Guilherme Scarpa


Ana Carolina: Ana Carolina, Caymmi e Leny Andrade estão entre os artistas que farão show

A temporada de música, em João Pessoa, para os próximos meses promete. A começar por uma grande atração internacional, que passa pela cidade em setembro: o Scorpions, um dos mais importantes grupos de rock do mundo, será uma das grandes atrações do Sun Rock Festival, que acontece nos dias 11 e 12 de setembro, no Estádio ‘Almeidão’, como o JORNAL DA PARAÍBA já havia adiantado há duas semanas.
Além do grupo alemão, o site do festival confirma Sepultura, Angra, Matanza, mais Unidade Móvel (PB), Shock (PB), Sonzera Band (RN) e Terra Prima (PE). Preço de ingressos e a programação completa devem ser anunciados já nos próximos dias.
Outra grande novidade é o esperado show do Móveis Coloniais de Acaju na capital paraibana. A prefeitura de João Pessoa confirmou, em seu site, a banda de Brasília na programação do projeto ‘Som das 6’, desenvolvido pela Funjope. Os fãs do ‘Móveis’ chegaram a fazer uma mobilização no Twitter para pedir o show da banda, que mistura rock, ska e música búlgara, na cidade.

O ‘Som das 6’, que começou ontem com Totonho, na companhia de Jussara Silveira, Rita Ribeiro e Daúde, segue na próxima sexta, dia 9, com Simone Soul, Oleg Fateev e Escurinho; dia 16 com os Móveis Coloniais de Acaju e Burro Morto; 23 com Anne Raelly e Adeildo Vieira e 30, com o coletivo 6Qsabem Música (atrações definidas pelos fóruns de diferentes segmentos artísticos). Os shows acontecem no Ponto de Cem Réis, no Centro da capital.

Já o Seis e Meia, que este ano passou a acontecer no Teatro de Arena do Espaço Cultural José Lins do Rego, recomeça no próximo dia 14 com a grande voz de Leny Andrade. De acordo com o produtor e músico Fuba, dia 28 chega por aqui Danilo Caymmi e em agosto, o Seis e Meia traz a João Pessoa o grupo Pholhas (4/8) e o pianista Wagner Tiso (11/8).
Independente de projetos, o Teatro de Arena também recebe shows imperdíveis. Ontem foi a vez de Toquinho, enquanto sexta-feira que vem, desembarca por lá o Pouca Vogal, o novo projeto do guitarrista Humberto Gessinger, do Engenheiros do Hawaii.

Nome venerado no circuito indie, o alagoano Wado também passa por João Pessoa em uma missão nobre: o show, no próximo dia 8, no Espaço Mundo, Centro Histórico, será em prol das vítimas das enchentes em Pernambuco e Alagoas. Por isso, a entrada será R$ 5 + 1 peça de roupa ou 1kg de alimento.

A assessoria da Domus Hall também confirmou alguns shows agendados para julho e agosto na casa do Manaíra Shopping. Aviões do Forró tocam por lá no próximo dia 17, enquanto, em agosto, animam o lugar Asa de Águia e Garota Safada (ambos dia 4/8), Chiclete Com Banana (21/8) e a cantora Ana Carolina.

Fonte: Site Paraíba 1

Ana Carolina: SHOW DE ANIVERSÁRIO DA JBFM

A cantora Ana Carolina é a grande estrela do show de aniversário da Rádio JB FM, numa noite mais do que especial que será realizada no Citibank Hall, na quinta-feira, dia 12 de agosto. O show de abertura ficará por conta da cantora italiana Chiara Civello.

Local: Citibank Hall
Data: Quinta-feira, 12 de agosto, às 22 horas.
Classificação: 18 anos
Obs: Pré-venda: 06 a 12 de julho para clientes Credicard, Diners e Citibank.
Vendas abertas a partir de quarta-feira, dia 14 de julho.
Mais informações em www.citibankhall.com.br
Citibank Hall: Avenida Ayrton Senna n° 3000, Rio de Janeiro. Telefone: 0300 789-6846

Fonte: Site JBFM

Ana Carolina: Promoção JBFM: Vip Ana Carolina

O show de aniversário da Rádio JB FM estará por conta da cantora Ana Carolina. Para assistir ao espetáculo de camarote, participar do coquetel e ainda ter a oportunidade de conhecer a artista no backstage, basta responder a pergunta "Quem Participa com Ana Carolina na música 'Resta'?" para concorrer. Ana Carolina está divulgando sua turnê 'N9ve'. Não fique de fora desta festa!

Para ler o regulamento e participar da promoção acesse o site da JB

sexta-feira, 9 de julho de 2010

VOTE AGORA NA ANA CAROLINA 2 FASE PRÊMIO MULTISHOW 2010


A cantora Ana Carolina passeou na orla de Ipanema com uma amiga


CARIOQUÊS DE ROMA


A cantora italiana Chiara Civello mora em Nova York, mas sempre que pode desembarca no Rio. Ela lança nesta semana no país o disco "7752" pelo selo Armazém, de Ana Carolina. As duas cantoras já escreveram algumas canções juntas



Fonte: http://sergyovitro.blogspot.com/2010/07/monica-bergamo_03.html